Últimas
Produtor da notícia

Confirmada vitória do MPLA

08 de Setembro de 2012, 12:21

Os resultados finais das eleições gerais de 31 de Agosto publicados sexta-feira pela Comissão Nacional Eleitoral (CNE), confirmam a vitória do MPLA e do seu cabeça de lista, José Eduardo dos Santos, com 4.135.503 votos, correspondentes a 71,84 por cento, seguindo-se a UNITA com 1.074.565 votos, 18,66 por cento, e a CASA-CE com 345.589 votos, referente a 6,00 por cento.

 

 O MPLA, com 4.135.503 votos (71,84) conquistou 175 lugares, dos 220 possíveis, no próximo parlamento resultante das eleições gerais de 2012, de acordo com os resultados finais do pleito eleitoral, divulgados hoje pela Comissão Nacional Eleitoral.

 

Enquanto isso, a UNITA, segundo colocado, com 1.074.565 votos (18,66%), conquistou 32 lugares, mais 16 do que em 2008, sendo 24 pelo círculo nacional e oito pelos províncias. Na província do Bié elegeu dois deputados, conseguindo apenas um parlamentar por cada uma das províncias de Benguela, Huambo, Kuando Kubango, Cabinda, Luanda e Zaire possui um em cada.

 

 A coligação CASA-CE, terceiro na votação, com 345.589 votos (6%), conquistou oito cadeiras, todas pelo círculo nacional.

 

O PRS, o quarto mais votado, com 98.233 votos (1,70%) elegeu três deputados, dois pelo círculo nacional e um na Lunda Sul, menos cinco do que no período legislativo de 2008.

 

A FNLA é a quinta força política representada no parlamento angolano com um total de dois assentos, pelo círculo nacional, menos um que no período anterior. O partido recebeu, dos eleitores, 65.163 votos (1,13%).

 

As coligações Nova Democracia com 13.337 votos (0,23%), PAPOD com 8.710 votos (0,15%), FUMA com 8.260 votos (0,14%) e CPO com 6.644 (0,11%) não conquistaram qualquer lugar.

 

 

Enquanto isso, os estadistas mundiais continuam a felicitar o Presidente do MPLA pela sua eleição.

 

O Presidente da República da Namíbia, Hifikepunye Poilamba, felicitou, em mensagem, o estadista angolano, José Eduardo dos Santos, pela vitória alcançada nestas eleições e manifestou a sua satisfação pela forma como decorreu o pleito eleitoral, augurando o reforço contínuo da cooperação entre os dois países.

 

De igual modo,  o Presidente dos Conselhos de Estado e Ministros da República de Cuba, Raul Castro Ruz, também felicitou o Presidente José Eduardo dos Santos pela vitória nas eleições gerais de 31 de Agosto.

 

 

Em nota de imprensa enviada à Angop pelo gabinete de informação e documentação do Ministério das Relações Exteriores, Raul Castro Ruz reitera a vontade de continuar a aprofundar as estreitas relações de amizade e cooperação entre as duas nações.

 

 

Por seu turno, a embaixadora do Brasil em Angola, Ana Lucy Cabral, considerou, em Luanda, as eleições gerais realizadas a dia 31 de Agosto "uma demonstração cívica essencial para a consolidação democrática e fortalecimento das instituições do país".

 

A chefe da representação brasileira em Angola discursava numa recepção por ocasião das comemorações dos 109 anos da independência daquele país da América do Sul.

 

Ainda sobre as eleições, o presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), André da Silva Neto, destacou hoje os avanços técnicos e organizativos alcançados no processo eleitoral de 2012, em comparação com o de 2008.

 

André da Silva Neto, que discursava no acto de apresentação dos resultados definitivos das eleições gerais de 31 de Agosto, ressaltou a introdução dos cadernos eleitorais e do sistema de informação ao eleitor, entre os novos mecanismos que permitiram uma votação célere em cada assembleia de voto.

 

Banca de jornais

Rádios Online
Angola vai a votos
Saiba onde votar