Últimas

José Eduardo dos Santos, MPLA

Biografia

José Eduardo dos Santos, Presidente do Movimento Popular de Libertação de Angola, MPLA, partido que lidera o país até à presente data, nasceu a 28 de Agosto de 1942. Filho de Eduardo Avelino dos Santos e de Jacinta José Paulino é formado em engenharia e é o actual Presidente da República, cargo que exerce desde 10 de Setembro de 1979.

Frequentou a escola primária em Luanda e o ensino secundário no Liceu Salvador Correia. Iniciou a sua actividade política integrando grupos clandestinos dos bairros suburbanos da capital e nos finais dos anos 1950 juntou-se ao MPLA, quando este foi constituído em 1958.

Foi um dos fundadores da juventude do MPLA, onde exerceu o cargo de vice-presidente. Em 1962, integrou o Exército Popular de Libertação de Angola (EPLA), e em 1963, foi o primeiro representante do MPLA em Brazzaville, capital da República do Congo.

Em Novembro do mesmo ano, beneficiou de uma bolsa de estudo para o Instituto de Petróleo e Gás de Baku, na antiga União Soviética, tendo-se licenciado em Engenharia de Petróleos, em Junho de 1969. Ainda na URSS, depois de terminados os estudos superiores, frequentou o curso Militar de Telecomunicações. Exerceu funções nos Serviços de Telecomunicações na 2ª Região Político-Militar do MPLA, em Cabinda entre 1970 e 74.

Foi eleito membro do Comité Central e do Bureau Político do MPLA. Em 1975, passou a coordenar o Departamento das Relações Exteriores do MPLA e o Departamento da Saúde.

Com a proclamação da Independência de Angola, a 11 de Novembro de 1975, foi nomeado Ministro das Relações Exteriores. A nível partidário, no período de 1977 a 1979, foi secretário do Comité Central do MPLA.

Com o falecimento de Agostinho Neto, primeiro Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos foi eleito Presidente do MPLA no dia 20 de Setembro de 1979 e investido no dia seguinte para o cargo de Presidente da República Popular de Angola e comandante-chefe das FAPLA (Forças Armadas Populares de Libertação de Angola).

De 1986 a 1992, José Eduardo dos Santos teve um papel de destaque na solução da crise transfronteiriça entre Angola e a África do Sul, que culminou no repatriamento do contingente cubano, na independência da Namíbia e na retirada das tropas sul-africanas de Angola.

Banca de jornais

Rádios Online
Angola vai a votos
Saiba onde votar